No início dos anos 80 o comediante Frustrado Arthur Fleck tenta se colocar em uma sociedade ao qual ele considera louca, e com isso vemos uma das mais brilhantes atuações de Joaquin Phoenix, que vem como um dos mais curiosos e misteriosos vilões de Batman em sua essência para mostrar sua origem e como chegou a se tornar esse personagem que mistura comédia, sarcasmo e crueldade.

A lista de atores que fizeram o Coringa pelos anos foi integrada por: Cesar Romero (no seriado de TV dos anos 60), Jack Nicholson (que foi indicado ao Oscar), Heath Ledger (ele ganhou o Oscar pela atuação) e Jared Leto.

Para interpretar essa figura considerada um ícone da vilania, o ator emagreceu de uma maneira avassaladora, de tal forma, que deixou seus ossos muito expostos e conseguiu criar uma característica própria de puxar os lábios para sorrir em diversas cenas, sem contar a maneira de dançar sozinho sem motivo, e de rir sem parar e ter que explicar seu problema dando um cartão para as pessoas.

Uma pessoa menosprezada pela sociedade, da qual não se espera grandes feitos na vida, nem que se destaque em nada do que faz, pois vive fazendo bicos de segurar placas na rua. Alegra crianças em hospitais, e com isso sua vida mostra não ter expectativas de sucesso, assim se faz a receita para que comece a se desenvolver a personalidade “Coringa”, que já aparece com as primeiras mortes de pessoas que estava judiando dele com surras e deboches, e isso gera o estopim para a trama se desenvolver.

Conhecido por ter feito diversos filmes de sucesso como ‘Gladiador’, ‘ELA’, ‘Um Sonho sem Limites’, ‘Círculo de Paixões’, ‘Johnny e June’, ‘Contos Proibidos do Marquês de Sade’, essa pode ser uma das mais brilhantes performances de Joaquin Phoenix, que foi muito elogiado e o filme conquistou Leão de Ouro no Festival de Cinema de Veneza.

Esse filme retoma a parceria do diretor Todd Philips, com Bradley Cooper como produtor, pois ambos fizeram juntos ‘Se Beber Não Case’ (os 3 filmes) e ‘Cães de Guerra’. Dessa vez o diretor inova ao fazer um filme de drama (esse filme não pode ser considerado uma comédia), pois toma uma profundidade sem limites, na qual se mistura crueldade com a loucura, pois o psicológico explorado no filme consegue arrebatar qualquer opinião controversa de que a sociedade ficou cada vez mais insana.

Nesse filme ninguém vai querer que o personagem principal saia vencedor da trama, antes que uma tragédia sem proporções ocorra, mas o filme deixa explicito que não há salvação, nem heróis… que a maldade dominou as pessoas e aí vemos o surgimento do mocinho (Batman) nascido na barbaridade da morte de seus pais, Thomas e Martha Wayne, para ser o símbolo de esperança para Gotham City.
Quem também integra o elenco do filme são Robert De Niro e Frances Conroy, que estreia dia 3 de outubro nos cinemas de todo o Brasil.

Nota para o filme: 9